quinta-feira, 7 de julho de 2016

Quero desacelerar o tempo




De cada vez que olhas para a lua ela já aconteceu há um segundo

De cada vez que olhas para o sol ele já aconteceu há oito minutos

De cada vez que olhas para o céu ele já aconteceu há anos,

anos de luz

De cada vez que olhamos o céu olhamos o Passado

De cada vez que contamos as estrelas já deixámos de existir



Quero deixar de existir dentro do teu abraço 

olhando Sírius, Vénus ou a Lua

Quero desacelerar o tempo 

e tornar cada momento presente num ano luz, 

que dure tanto tempo quanto a eternidade

Quero desacelerar o tempo 

e juntar o nascer ao pôr do sol

Quero desacelerar o tempo

e sempre que olhar para ti

ainda faltem anos de luz 

para a Terra rodar e girar

o tempo que estive sem ti



Sem comentários:

Enviar um comentário