segunda-feira, 12 de junho de 2017

De nada nos servem as palavras


De nada nos servem as palavras se elas não deixarem o Outro em silêncio


Em palavras colocas o Outro em si  

Nas palavras feitas em si o Outro leva-te no silêncio


Mas em palavras colocas-te em mim

Nas palavras feitas em ti levas-me ao mais profundo silêncio em mim...

Em palavras colocas-me longe de ti

Nas palavras feitas em nós nunca ouvi sequer uma palavra tua ...

Entre aquele tempo e o agora

deixei de ouvir as batidas do meu coração...

passei a escutar gritos que te chamavam

De nada servem as palavras se elas não deixarem o Outro em si

Sirvo-me agora dos teus silêncios para me imaginar contigo

para calar os gritos que existem em mim...












Sem comentários:

Enviar um comentário