quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Menú (30janeiro): Frango à Ulrich


O dia de ontem começou sem se conseguir avistar o nosso pequeno Redentor e terminou com ele de braços cruzados. Há dias em que, quem espera desespera e até Ele, grande senhor, está a ficar irritado e sem esperança.

E quando as luzes da cidade lhe chegam, de forma a abençoar as ninfas do Tagus e suas terras, eis que chega também o Senhor Ulrich a nossas casas. A hora é a do jantar e o efeito foi o de não jantar. Não gostei, nem das palavras que ele escolheu, nem do tom que utilizou. Oh Sr. Ulrich, mas V.Exa pensa que eu vou ficar muito mais feliz de ouvir que o seu BPI apresentou lucros e lucros, e ao mesmo tempo me manda a mim ser optimista porque se o gregos conseguem, nós também conseguimos. Fez-me lembrar as conversas de "pescadinha de rabo na boca" que nós tínhamos naqueles tempos antes da Troika... "o meu pai é muito mais giro que o teu!", "não é nada, o meu é que é", "não, não é... o meu é 10 vezes mais giro que o teu!", "Ahhh é? e o meu é 400 vezes mais bonito que o teu!" , "E o meu...o meu é 40 mil vezes mais bonito que o teu...tomaaa", "Ai sim? e o meu é infinitas vezes mais bonito que o teu" e vai-se a ver um e outro e... benzá deus!

O Sr. Ulrich entrou na "pescadinha de rabo na boca" e só lhe faltou dizer... "Grécia...toooomaaaaaa". Deixe lá os Gregos sossegaditos, e mande cá para fora umas medidas que, em boa verdade, engordem o nosso PIB e os bolsos de quem precisa...

Por mim falo... a esta altura do campeonato não preciso que me venham lembrar que o meu vizinho está bem pior que eu. Não me adianta de nada, não me dá alento - antes pelo contrário, não me convence que, o que andam a fazer por cá seja bom.

Se quiserem saber mais acerca das palavras que me pararam o jantar durante 3 minutos, podem ir aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário