domingo, 8 de junho de 2014

Com "Olhos nos olhos" me enganas...

Olhar "olhos nos olhos" é uma expressão linda que devia ser devidamente corrigida, porque na realidade nós só conseguimos olhar "olho no olho". Olhamos com os nossos olhos para um dos olhos da pessoa que está à nossa frente, certo? Ou sou eu a sofrer algum desvio na visão?

Tentem não pensar nisto, amanhã, quando vierem falar convosco, mesmo. É uma atrapalhação. Saímos da conversa e ficamos, por segundos, agarrados à dúvida de estarmos correctos, se o outro está a perceber que só olhamos para um dos olhos, se o outro está a olhar para os nossos olhos em simultâneo...

Por outro lado, tranquilizamo-nos quando passamos a focar somente um olho ou colocamos os óculos de sol. Se for de noite, melhor, podemos esfregar os olhos ficando a outra pessoa a pensar que estamos a ficar com sono.

Se nada disto vos acontecer, quer dizer que os vossos olhos se mexem à velocidade do campeão mundial de ténis de mesa, e vocês conseguem realmente focar-se com o Outro "olhos nos olhos".

... ou então estão tão bem, tão bem, mas tão bem com o Outro que nem precisam de ter os olhos abertos!

Sem comentários:

Enviar um comentário