quarta-feira, 11 de junho de 2014

Pelas mulheres que são violadas e mortas na Índia... nascer no lugar errado

Através da Sónia "Cocó na Fralda" porque eu não consigo escrever nada acerca deste assunto bárbaro...



Contra as violações e mortes de mulheres na Índia

Na Índia, duas adolescentes foram enforcadas numa árvore depois de terem sofrido uma violação colectiva. Quando as meninas, de 14 e 15 anos, desapareceram, o pai de uma delas foi até à polícia e implorou, de joelhos, por ajuda. Os agentes riram do homem e mandaram-no para casa. Esta negligência é recorrente. A cada 22 minutos uma mulher é violada na Índia e não parece haver autoridade que se rale com isso.
A Avaaz está a tentar juntar 2 milhões de assinaturas para pressionar os governantes a protegerem as mulheres na Índia. A Avaaz tem feito muito para mudar a brutalidade no mundo. Eu acredito que, se formos muitos, podemos ajudar. Vamos assinar?







Chocante, certo?! Toca a assinar AQUI e a partilhar nas redes sociais. A Índia continua com as suas castas, dinheiros, Gurus, Pais de Santos, yoguin's mas está na altura de levarem uma porrada internacional. A raça humana é universal e os direitos também o deviam ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário