terça-feira, 29 de dezembro de 2015

2016, que seja um bom Par de todos vós

2015, ano Ímpar
na morte de uma amiga, na doença de outra, na perca de colegas de trabalho, no avc da Verónica, no Tempo, 


2015, ano Ímpar
na entrega da tese, e no seu resultado em número par, na viagem, no amor, no afinar das verdadeiras ligações da minha espinha emocional,


2016, que seja Par de todos vós. Um bom par.

Que o que saiu foi mau, e isso deverá tornar-nos melhor.

Que o que saiu foi duro, e isso deverá tornar-nos mais fortes.

Que o que saiu foi triste, e isso deverá tornar-nos mais felizes com o Presente

Que o que saiu foi amargo, e isso deverá tornar-nos mais doces uns com os outros

Que o que saiu fez ferida, e isso deverá ensinar-nos a escolher melhor

Que o que saiu foi ímpar, e isso faz com que agora venha um Par, e que ele encaixe perfeitamente com a dança da Vida

Que o que saiu foi ímpar, e o que vem é par e bissexto, e isso faz com que a soma e a divisão de todos os seus bondinhos ímpares dm um resultado Par

Que o que saiu não foi um bom ímpar, e isso faz que não venha a ser um bom Par na Memória

Que o que saiu já é Pretérito, e foi-no muito Imperfeito, e isso deverá lembrar-nos que cada ano é um Presente, que pode durar um Infinito e ser um Par Perfeito. 

Que o que saiu foi ímpar com tanto mas que este seja Par com a alegria da Vida... 






Sem comentários:

Enviar um comentário