terça-feira, 19 de março de 2013

Despenteados

Érico Veríssimo é que dizia que "quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento". E eu ando para aqui a apanhar todas as pedras do caminho, não para erguer uma barreira, mas para construir um moinho - não muito alto , para o vento não o agitar em demasia, mas muito aconchegante para o vento lá querer poisar. Enquanto não encontro todas as pedrinhas, vou  olhando para os moinhos de vento que despenteiam as nuvens.

Sem comentários:

Enviar um comentário