Dia Internacional do Livro Infantil, porquê?!


O dia 2 de Abril é também o dia do dinamarquês Hans Christian Andersen. A IBBY (International Board on Books for Young People) decidiu criar, em homenagem ao seu nascimento, o Dia Internacional do Livro Infantil.

Todos os anos é criado um cartaz e uma mensagem, a nível internacional e nacional. No presente ano, a Direcção Geral do Livro e da  Biblioteca convidou Maria João Worm para criar o cartaz... e a meu ver com sucesso. Gosto das aguarelas e cores, da montagem, da bravura daquele guerreiro e do seu companheiro. Gosto muito, oferece-me um mar forte, de coragem e tranquilidade. 

A mensagem e cartaz da IBBY, este ano ficaram a cargo dos Estado Unidos. O tema é delicioso e, tendo em conta todas as notícias negras, creio que foi muito bem seleccionado: "A alegria dos livros à volta do mundo" /"Bookjoy around the world"

De Ashley Bryan
A mensagem deste ano é de Pat Mora, é ela que utiliza o conceito de "Bookjoy" definindo desta forma o prazer que a leitura permite... este ano está codificada em poema!


Alegria dos livros à volta do mundo
Lemos juntos, tu e eu.

Vemos que as letras formam palavras
e as palavras se transformam em livros
que seguramos na mão.

Ouvimos murmúrios
e rios agitados correndo pelas páginas,
ursos que cantam à lua
melodias divertidas.

Entramos em castelos misteriosos
e das nossas mãos
crescem árvores em flor
até às nuvens.

Vemos meninas corajosas que voam
e rapazes que pescam
estrelas cintilantes.

Tu e eu lemos,
dando voltas e mais voltas,
alegria dos livros à volta do mundo.

Pat Mora (trad. Maria Carlos Loureiro)


Também gosto dele! É um dia especial para os livros, sem dúvida. Um mundo, tal como os outros, cheio de coisas bonitas, extraordinárias, surpreendentes e também as outras coisas feias, injustas, menos delicadas... É um livro que muitas vezes fica esquecido na prateleira do tempo. A maioria das pessoas pensa que o livro infantil é isso mesmo, infantil, fácil, pouquinho. Mas não, é para a infância e eles esqueceram-se do que isso é. Um livro que, por não ter 100 páginas, uma narrativa longa e cheia de voltas, não é bom. Não é um livro. Muitos escritores, editores, livreiros, jornalistas descuram estes textos e livros, achando que é uma literatura menor, sem qualidade. Eu não entendo que  parte é que é difícil de perceber quanto à pérola deste tipo de literatura. Antes de sermos leitores competentes temos de ser semeados e regados nas letras, magia, encanto, enamoramento, embalo... e apenas conseguimos isso com muito amor entre a boca e o ouvido. Os livros infantis (também os há feitos sem respeito nenhum) são a melhor rega. Os frutos só mais tarde serão colhidos, e o seu açucar e rigidez combinarão com o cuidado que receberam. As pessoas crescidas, muitas vezes esquecem que aquilo que são em grande, é fruto do que tiveram em pequenas. O mais difícil é escrever para as crianças, manter o respeito por elas, e voltar a ter os seus olhos. Escolher as palavras certas para as crianças é muito mais complexo que para os adultos. Não são umas quaisquer, tem de ser a certa, a que  melhor combina com a vizinha. É uma espécie de escrita poética, uma vez que, a selecção das palavras e o seu conjunto, serão ouvidas e lidas por gente que está no auge da criatividade e da sensibilidade. Se calhar este tipo de literatura devia ser a maior aposta em livrarias, consultórios, igrejas, mercados, prémios, destaques, notícias, etc... mas isto sou eu que construo o património material do meu filho erguido em livros infantis! Então porquê o Dia Internacional do Livro Infantil?! Porque só pode!
E vocês viajantes Sabura, convivem bem com estes moços um pouco infantis aí por casa?




Comentários

  1. Uma das coisas que mais tenho pena é de não ter tomado o gosto pela leitura mais cedo.
    Os livros infantis são maravilhosos para soltar o nosso imaginário. E o nosso imaginário bem solto e criativo é fundamental para uma realidade com pés bem assentes na terra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muita verdade Sandra! Mas vamos sempre a tempo, para tudo! Beijos Sabura Sandra!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Dia 29 de Janeiro

O Sr que faz Milagres na cabine de portagem nº10, na Ponte 25 de Abril

Ser "Cabeça de Andorinha" era feio