sexta-feira, 20 de maio de 2016

No dia em que ambos se davam à Luz #beijosabura

De tempos a tempos ela aparecia. 

E esse era o dia em que, finalmente, ele e ela se juntavam.

Depois disso ela desaparecia e ele, todos os dias, espreitava, escondia-se, mostrava-se radiante, surpreendia o mundo inteiro só para poder voltar a vê-la. 

Não chegavam a passar trinta dias para que ele a voltasse a ver. À sua frente ela se erguia. Grande, brilhante e poderosa. Os olhares trocados faziam silenciar o mundo. Faziam parar o Tempo. 

E, deslizando um sobre o outro, transformavam o dia em noite, o sol em lua.  No dia em que ambos se davam à Luz.








Sem comentários:

Enviar um comentário