quarta-feira, 8 de abril de 2015

A sensação de Ser por dentro e por fora


Há dias que tenho toda a certeza do que vou encontrar no espelho. Há dias que por muito que olhe não consigo ver o que está ali à minha frente. Lembro-me de várias vezes ter a sensação, sobretudo a partir da adolescência, de ser constituída por duas parte, a de fora e a de dentro. E de existir um espaço, uma caixa de ar, entre as duas.

Esta semana esta sensação voltou... Creio ter-lhe encontrado a razão. Há uma Rita que volta ao trabalho, que volta a picar o ponto, que volta a cumprir horários, que volta à obrigação e aos 70% de capa profissional e eficácia e, a outra, a de dentro, que continua a querer estar em pleno nos 30%. 
O ar continua a passar na caixa e às vezes faz ventos tempestuosos. Empurra para um lado, empurra para o outro e a "coisa", chamada de Vida, vai-se equilibrando. 

E depois das tempestades penso que tendo nós uma única oportunidade para estar Cá, e desta forma, fará sentido vivermos a maior parte da nossa vida no modo 70% ?! A responder às exigências de alguém, a concretizar os objetivos de alguém, a receber em troca o que alguém estipula?  Ou faria mais sentido nós respondermos às exigências pessoais, concretizarmos os objectivos pessoais e recebermos vários tipos de moedas em troca?


Em modo Jeri ... 

Sem comentários:

Enviar um comentário