domingo, 23 de março de 2014

Ando à busca

Como a Clarice Lispector sabe encontrar todas as palavras certas. É isto. O que eu desejo ainda não tem nome. Já tem todas as letras, todos os pontos de exclamação, todas as pausas e já está inserido numa categoria gramatical, mas nome... ainda não. Já tem um verbo que o acompanha e muitos adjectivos que o caracterizam.
E eu a pensar que já todas as palavras tinham sido inventadas...

Sem comentários:

Enviar um comentário