quarta-feira, 23 de abril de 2014

Disparate recebe colo... L.O.L.

Quando o cansaço pega em mim... o disparate dá-lhe colo na certa.

Lembro-me de uma altura, em 2003, numa formação, eu e a minha parceira de trabalho rir às gargalhadas por tudo e por nada. O cansaço no final do dia tomava conta de nós e a gargalhada era certa. Ora por disparates explícitos, ora por lembranças de quedas, ora por situações que nem sequer tinham acontecido mas que, só de imaginar, eram motivo para não aguentarmos as lágrimas. Na altura tínhamos Doutores à nossa frente, vindos de Itália, França, Espanha que exigiam respeito e admiração - que tínhamos, mas a gargalhada era mais forte. Eu tinha a sorte de me esconder atrás dos cabelos comprido, ela estava de cabelo curto. 

Hoje foi mais um dia ...

- Olha, sabes o que gostava que me dissessem quando eu morrer?!

- Olha, mexeu!!!

Lágrimas nos olhos e disparate ao colo!






Sem comentários:

Enviar um comentário