sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Andas às voltas e depois torces o pescoço...

O dia não correu mal, apenas existiu de forma torta. Uma forma literalmente torcida. O  de ontem acabou com a conferência acerca dos TPC (aquela de que vos falei aqui) e com uma tremenda dor de cabeça que degenerou num tremendo torcicolo. Talvez por ter andado o dia todo torcida e a pensar na palavra "torcicolo", neste final de dia apetecia-me um colo para o pescoço. Um sítio onde pousar o Meu espaço intermédio entre a razão e o coração. O lugar que, às vezes, precisa de um empurrão para decidir entre o "descer ao coração ou subir à razão"... a "Zona Proximal de Mudança", como ontem o Professor José Morgado falava. 
Voltas e mais voltas à cabeça para construir uma forma de explicar o básico e de fazer com que a construção seja de todos. 
Para que lado destorcerá o pescoço e que volta levará a vida?!

Sem comentários:

Enviar um comentário