domingo, 24 de fevereiro de 2013

Obrigada 3000 *****

Aqui me confesso, e em nome de 3000 visualizações, que me tem dado muito prazer este Beijo Sabura. O seu principal objectivo é obrigar-me a chegar ao final do dia e encontrar alguma coisa (conversa, melodia, palavra, acto, imagem, som, cheiro...) especial, depois disso, tentar escrevê-la de forma minimamente atraente ou prazerosa. Em dois meses vocês vieram cá 3000 vezes. Para mim é mesma uma honra. Espero que essas tantas vezes tenham servido para três segundos de bom espírito sabura e um suspiro (digo isto porque, quando me enfio dentro de linhas que me enchem a alma, é o primeiro sinal que o meu corpo emite).
Alguns "cliques" são de gente que me conhecesse até à espinha emocional, outros são de gente que me vai conhecendo e outros de gente que não me conhece de lado nenhum. 
Uma das coisas que me dá especial prazer (não fosse eu a comandante da Maionese Airlines!) é saber até onde a minha selecção de palavras chegou. Saber que voei por Portugal e cheguei aos Estados Unidos, à Alemanha, a Espanha, ao Reino Unido, ao Brasil, à Indonésia, a França ou a Cabo Verde enche-me as medidas, o orgulho e a vontade de visitar países que, de certeza, têm gente Sabura. 
Não sou escritora, não tenho pretensão de o vir a ser. Não tenho pretensão de editar um livro com os textos aqui colocados ou, qualquer outra coisa a não ser, partilhar pequenos nadas. Se estes textos nos ajudarem a encontrar uma coisa boa todos os dias, está ganho! 
Obrigarmo-nos a estar atentos aos pormenores do dia-a-dia é um bom exercício. Quando perguntamos aos nossos filhos, ou quando nos perguntam a nós "como foi o dia?", por norma, respondemos com duas palavras: "foi bom" ou "um horror" e entretanto, que histórias ficaram para trás? Quantas palavras bonitas podiam ter sido ditas e ficaram esquecidas? Falo por mim, no meio deste temporal de crise, se eu não me obrigar a este exercício facilmente me cubro com uma poeira feia e me deixo cair no vazio. É para isto que o Beijo Sabura existe. Só para isto. A sua pretensão é a de ser um pequeno nada, cheio de prazer e alegria... em jeito Sabura! 

1 comentário:

  1. Muito bom exercício de prazer, alegria e alerta. Obrigada.

    ResponderEliminar