terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Tempo tem...


Tempo tem
ruído,
poeira,
podres,
raiva,
fome,
miséria,
tudo consumido ao segundo...
Tempo também tem
brilho,
calor,
palavra,
saudade,
verdade.
Maior que o Tempo
só o que deixamos entrar nele.
Quanto tempo para aprender?
Quanto tempo a brilhar?
Quanto tempo para limpar a poeira?
Quero o meu tempo com brilho,
com os deuses ao meu lado,
com saudade e vontade de voltar,
com encanto, vaidade, encontro.
Quero partir para voltar.
Quero, no meu Tempo, ser guerreira.
Quero, no meu Tempo, ser princesa.
Quero, no meu Tempo, os olhares imóveis.
Quero, no meu Tempo, os beijos sem fim anunciado.
Quero, no meu Tempo, passar preguiçasamente pelo teu...

Sem comentários:

Enviar um comentário